.




Humildade - Carl Sagan



"O homem, na sua arrogância se considera uma grande obra... digna de intervenção de uma divindade.anotou Darwin em seu caderno de notas.

.

[...] No século XVII ainda havia alguma esperança de, mesmo a Terra não sendo o centro do universo, então que ela fosse o único “mundo”. Mas o telescópio de Galileu revelou que a Lua e os planetas tinham tanto direito de serem mundos quanto a Terra. Com montanhas, crateras, atmosferas, calotas polares, nuvens... Bem, esperam alguns, mesmo que a Terra não esteja no centro do Universo, o Sol esta, o Sol é o nosso Sol.
Assim a Terra esta aproximadamente no centro do Universo. Mas no sec. XIX a astronomia de observação deixou claro que o Sol é apenas uma estrela solitária num grande conjunto de sóis com gravidade própria, chamado de Via Láctea. Bem, nossa Via Láctea é a única galáxia. A galáxia da Via Láctea é uma dentre bilhões e não sobressai pela massa, brilho, ou configuração e arranjo de suas estrelas. Bem, ao menos nossa galáxia esta no centro do Universo. Não, esta errado também. Não existe, na verdade, centro para a expansão ou ponto de origem do Big Bang, não no espaço tridimensional comum.

Bem, mesmo que existam centenas de bilhões de galáxias, com centenas de bilhões de estrelas cada, nenhuma outra estrela tem planetas. Hoje temos provas da existência de três planetas girando em torno de uma estrela muito densa, o pulsar B1257+12.

Descobrimos ainda que mais da metade das estrelas com massa semelhante à do Sol, no inicio de sua vida eram circundadas por grandes discos de gás e poeira, matéria de que os planetas parecem se formar. Outros sistemas planetários, talvez mundos semelhantes à Terra parecem agora um lugar-comum cósmico. Bem, nossa posição no espaço não demonstra nosso papel especial, mas nossa posição no tempo, sim. Estamos no Universo desde o inicio. Recebemos responsabilidades especiais do Criador. Nós humanos, somos retardatários, aparecemos no ultimo instante do espaço cósmico, havia transcorrido 99,998% da historia do Universo até o presente quando nossa espécie entrou em cena. No vasto circuito das eras, não temos responsabilidades especiais pelo nosso planeta ou pela vida. Não estávamos presentes.
Bem, mesmo que nossa posição, nossa época, nosso movimento e nosso mundo não sejam únicos, talvez nós sejamos, somos diferentes dos outros animais. Fomos especialmente criados. O zelo particular do Criador do Universo é evidente em nós. Essa crença foi apaixonadamente defendida por razões religiosas e outras, mas na metade do sec. XIX, Charles Darwin mostrou convincentemente que uma espécie evolui para outra espécie mediante processos inteiramente naturais.
Que se reduzem a função impiedosa da Natureza de salvar as hereditariedades que funcionam e rejeitar as que não funcionam, “O homem em sua arrogância se considera uma grande obra, digna de intervenção de uma divindade” – anotou Darwin em seu caderno de notas. “É mais humilde e penso, mais verdadeiro pensar que foi criado a partir de animais”. Bem, ainda que sejamos intimamente relacionados com alguns dos outros animais, somos diferentes – em grau e espécie – no que realmente importa: Raciocínio, autoconsciência, manufatura de ferramentas, ética, altruísmo, religião, linguagem, nobreza e caráter.

Os seres humanos, como todos os animais, têm características que o diferenciam, senão como poderíamos distinguir uma espécie da outra? Os chimpanzés raciocinam, tem autoconsciência, fazem ferramentas, demonstram afeto, etc. Os chimpanzés e os seres humanos têm 99,6% de seus genes ativos em comum.

Ok, talvez não sejamos grande coisa, talvez tenhamos um parentesco humilhante com os macacos, mas pelo menos somos o que de melhor existe à parte Deus e os Anjos, somos os únicos seres inteligentes do Universo. O fato básico é que não descobrimos vida extraterrestre, estamos nas primeiras fases de observação. A questão esta em aberto, se eu tivesse de fazer conjeturas, diria que o Universo esta repleto de seres muito mais inteligentes e muito mais avançados que nós. É claro que eu poderia estar errado, essa conclusão, quando muito. Fundamenta-se na possibilidade derivada do numero de planetas, da ubiquidade de meteria orgânica, das inúmeras escalas de tempo disponíveis para a evolução e assim por diante. Vida extraterrestre à parte, se as pretensões à centralidade se retiraram para baluartes impermeáveis à experimentação, a sequencia de batalhas científicas contra o chauvinismo humano parece ter sido, em grande parte vitoriosa.

Os debates tendem decididamente para uma posição que, por mais dolorosa que seja, pode ser resumida em uma frase: Não nos foi dado o papel principal no drama cósmico, é possível que esse papel tenha sido dado a outros, talvez não. De todo modo, temos boas razões para sermos... humildes. 


Share on Google Plus

About Elma.C

Livre pensadora.▃▃ Sou uma mulher que percorre um caminho onde o racionalismo não tem meio termo, que enfrenta as intercorrências de suas próprias escolhas sem culpar-se ou aos outros na busca por justificativas, acreditando que será sempre uma aprendiz onde a existência é um eterno descobrir. Sou uma cidadã brasileira e acho que o melhor lugar do mundo está dentro do nosso próprio interior onde temos o poder de nos libertar ou aprisionar. ✔
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Ponderações:

Postar um comentário

♡ ♡ ♡Obrigada pela visita.