.




Religião e violencia

.  
.
"Uma das mais características atribuições dadas à religião é o seu determinante papel na pacificação do coração humano. Na origem das maiores tradições religiosas está a pregação de valores sublimes – amor, perdão, paz e fraternidade universal, entre outros. No entanto, essas mesmas tradições são, paradoxalmente, protagonistas de grande parte dos conflitos bélicos da sangrenta História da humanidade. Um sério problema se estabelece: a religião, ainda a maior escola assistencial do planeta, é, ao mesmo tempo, fator desencadeante de violência e conflito".



Quando a  religião gera o ódio

Os fanáticos religiosos se ofendem facilmente. O filme “A Inocência dos Muçulmanos” incitou a violência e a morte de pelo menos 30 pessoas em protestos em mais de 20 países.
 O filme é uma sátira ao islamismo.

O homem por trás do polêmico filme “A Inocência dos Muçulmanos”, Mark Bassely Youseff, foi condenado à morte no Egito, seu país natal. Segundo o site NBC News, a mesma corte de justiça também estendeu a pena a outros seis egípcios que trabalharam na produção amadora, que gerou protestos e mortes em países do Oriente Médio por retratar o profeta islâmico Maomé como um cruel assassino e molestador de crianças.

Ikramullah Shahid, antigo vice-presidente do parlamento de Khyber Pakhtunkhwa,
uma das províncias do Paquistão, prometeu uma recompensa de 200.000 dólares
 pela cabeça do criador do filme A Inocência dos Muçulmanos.

"É fato: há muito mais terroristas muçulmanos em atividade no mundo que cristãos ou judeus dispostos a matar em nome de Deus. Também é verdade que certos trechos do Alcorão, o livro sagrado do Islã, parecem um convite à intolerância - dependendo da interpretação que se faça. Mas nada disso permite a quem quer que seja afirmar que o islamismo é uma religião mais chegada à violência que as outras."

O texto entre aspas é daqui. Leia mais.







Conferindo a postagem por Iphone observei que o vídeo não fica disponível, então deixo aqui o link.

.
.

.

Crueldade e Violência na Bíblia


Veja neste espaço a postagem Não matarás, quando Deus age contra sua própria lei  ordenando Josué, personagem bíblico tido como um ferrenho e sanguinário soldado e promove uma guerra [hoje denominada de "Guerra Santa"] com a missão de exterminar todos os habitantes de Canaã  sendo os hititas, os girgaseus, os amorreus, os cananeus, os ferezeus, os  heveus e jebuseus, para então ali assentar o povo escolhido por Deus. O preferido povo de Israel.

.
 .
Você pode clicar na imagem abaixo para abrir a página
.

Quando Deus ordenou a matança de seus próprios filhos


.
Share on Google Plus

About Elma.C

Livre pensadora.▃▃ Sou uma mulher que percorre um caminho onde o racionalismo não tem meio termo, que enfrenta as intercorrências de suas próprias escolhas sem culpar-se ou aos outros na busca por justificativas, acreditando que será sempre uma aprendiz onde a existência é um eterno descobrir. Sou uma cidadã brasileira e acho que o melhor lugar do mundo está dentro do nosso próprio interior onde temos o poder de nos libertar ou aprisionar. ✔
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 Ponderações:

  1. Ana, interessante! Esta intolerância à crítica deve ser exposta e criticada frequentemente. E sobre este tipo de intolerância, coincidentemente publiquei um artigo de um amigo no Encontrovérsias. De uma passadinha lá pra ler depois. Outra recomendação que lhe faço, caso ainda não tenha visto, é assistir a este vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=icWmDCKEkd0

    Vale o tempo. Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Warley
    Mais que valeu o tempo para ver o vídeo. Obrigada.
    Realmente o discurso dessa mulher corajosa e inteligente é fascinante. Maravilhosa mulher, idealista por um mundo melhor, por uma sociedade liberta deste veneno que é a religião, principalmente o islamismo que aprisiona as mulheres.

    Também valeu muito a sua visita.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ana!

    É como eu sempre digo: sendo os deuses,as religiões, criações humanas, eles refletem tanto os melhores aspectos das pessoas como os piores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade Shirley, principalmente quando usam de violência para defender seu Deus tão bom e perfeito.

      Excluir

♡ ♡ ♡Obrigada pela visita.