.




O Deus e a religião de Einstein


O panteísta é aquele que acredita e/ou tem a percepção da natureza e do Universo como divindade.


Foi após ler que alguns grupos  estavam usando Einstein como apoio aos seus ideais religiosos é que procurei saber  da veracidade sobre tais frases atribuídas a ele, principalmente aquela em que ele diz "Deus não joga dados", sabendo que a expressão correta foi: "Deus não joga dados com o Universo". Einstein fez este comentário enfatizando sua opinião contrária à um princípio da Mecânica Quântica.
Para quem conhece um pouco das biografias de Einstein poderá constatar que ele foi um pensador Panteísta. Einstein não questionava religiões e nem deuses.
Sua inteligência que não deixou nenhuma dúvida quanto aos seus posicionamentos pessoais,  jamais poderia por suas lógicas serem mal interpretados ou usados como objeto em favor das paixões de qualquer linha religiosa. O legado de Einstein foi focado na CIÊNCIA e ele era consciente do seu papel para a humanidade, por isso não endossava qualquer ideia religiosa  que pudesse disseminar   ódio entre segmentos para não causar conflitos e nem a separação destes  grupos como também nunca criticou ou preteriu qualquer uma que seja dentre as tantas crenças ou deuses existentes na Terra.

Propaganda promove  educação de Ensino Religioso usando Einstein 

.

Circulou no Youtube de uma propaganda da Macedônia, que visava promover a educação do Ensino Religioso nas escolas, que utiliza um suposto diálogo entre um Albert Einstein criança e um professor, em que Einstein demonstra ao professor que “deus existe”. Aqui o vídeo do Youtube legendado.
 Para quem sabe inglês e quer mais detalhes sobre a verdade por trás do diálogo do vídeo, clique aqui. Apesar de atribuído a Einstein, o diálogo é fictício. Essa história já fez parte de correntes de emails, que conforme crescem e se espalham acabam adquirindo vida própria, já que a maioria das pessoas não questiona. Os nomes de Einstein e Shakespeare são os nomes mais utilizados por aqueles que querem validar suas ideias sem muito esforço. 99% dos textos que recebemos atribuídos a essas duas criaturas NÃO são deles.
.

 "Costuma-se pensar que o panteísta mais famoso e notável tenha sido o físico alemão Albert Einstein. Na visão de Einstein, Deus não tinha formas antropomórficas, e sim uma forma semelhante a Bento de Espinosa, o que levou alguns historiadores a classificá-lo como panteísta, porém em sua vida adulta e senilidade Einstein demonstra concluir pela não necessidade de um ou mais seres onipotentes regulando o fluxo natural das coisas no universo. Entre os historiadores contudo existe uma certeza: nos últimos anos de sua vida Einstein estava profundamente abalado com o rumo que a física tomara". Wikipédia


Carta em que Albert Einstein chama a Bíblia de “coleção de lendas” será leiloada


Entre os dias 8 e 18 de agosto a agência Auction Cause, de Los Angeles, estará leiloando uma carta escrita pelo físico alemão Albert Einstein no qual ele fala sobre Deus e seus pensamentos a respeito da religião, a carta é conhecida como “Carta de Deus” e foi escrita um ano antes da sua morte. 
 O manuscrito será leiloado no site eBay com um lance inicial de 3 milhões de dólares. 
 “Essa carta, na minha opinião, é realmente de significado histórico e cultural, já que são pensamentos pessoais e privados daquele que é provavelmente o homem mais inteligente do século 20″, disse Eric Gazin, presidente da agência de leilões Auction Cause
 A correspondência feita em 3 de janeiro de 1954 foi escrita em alemão, num papel timbrado da Universidade Princeton. Seu destinatário era o filósofo Erik Gutkind, de quem ele havia lido “Choose Life: The Biblical Call to Revolt” (“escolha a vida: o apelo bíblico pela revolta”). 

 Na carta Einstein afirma, entre outras coisas, que Deus é produto da fraqueza humana. 

 “A palavra de Deus é para mim nada além do que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma coleção de lendas honradas, mas ainda primitivas, que são não obstante bastante infantis. Nenhuma interpretação, não importa quão sutil, pode (para mim) mudar isso”, diz um trecho da carta.
.

A carta de Einstein foi vendida em 18 de outubro de 2012 por 3.100.000 dólares, para um comprador que preferiu manter-se no anonimato.


Quando, em 1921, perguntado pelo rabino H. Goldstein, de New York, se acreditava em Deus, o físico Albert Einstein respondeu: "Acredito no Deus de Spinosa, que se revela por si mesmo na harmonia de tudo o que existe, e não no Deus que se interessa pelo destino e pelas ações dos homens".
 .
Leia nesse blog O Deus de Spinoza .
.


Você pode também clicar na imagem abaixo para abrir a página e ler como  é o Deus de Baruch Spinoza

.


Baruch Spinoza foi um dos grandes racionalistas do século XVII dentro da chamada Filosofia Moderna, juntamente com René Descartes e Gottfried Leibniz.

.
.

.
Share on Google Plus

About Elma.C

Livre pensadora.▃▃ Sou uma mulher que percorre um caminho onde o racionalismo não tem meio termo, que enfrenta as intercorrências de suas próprias escolhas sem culpar-se ou aos outros na busca por justificativas, acreditando que será sempre uma aprendiz onde a existência é um eterno descobrir. Sou uma cidadã brasileira e acho que o melhor lugar do mundo está dentro do nosso próprio interior onde temos o poder de nos libertar ou aprisionar. ✔
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Ponderações:

Postar um comentário

♡ ♡ ♡Obrigada pela visita.