.




Sou ateia e não agnóstica


Sou ateia há mais de 20 anos, quando sozinha, sem nenhuma influência externa, contando com minha própria percepção passei a questionar certas histórias que eu considerava sem nexo e incabíveis à minha estrutura lógica. Isso ficou guardado por muitos anos dentro de mim e quanto mais o tempo ia passando mais eu amadurecia me certificando de que, assim como eu, muitas pessoas também haviam entrado nesse mesmo esquema de credibilidade em torno de um Deus e de seu filho crucificado para salvar "os pecadores". 
Descobri que há uma palavra que resume tudo o que as histórias narravam e ainda narram até hoje: Criacionismo.

Mesmo sem ao menos ler sobre o que escreviam ou diziam sobre a descrença das pessoas pelas religiões, fui cada vez mais cristalizando a 1ª ideia que me fez afastar daquele mundo irreal.

Com a internet comecei a ter oportunidade de ir conhecendo textos e artigos de livros de autores consagrados, homens famosos na ciência, na literatura, nas artes, homens extremamente inteligentes, racionais, céticos e neutros quanto as crenças focadas no misticismo, a maioria gênios e quanto mais fui conhecendo suas ideias mais me certificava de que eu estava no caminho certo da libertação, deixando para trás todo um mundo de crenças carregadas de frases de efeito (versículos bíblicos) algumas com sentido claro de chantagem emocional focadas no grande perigo de estarmos à beira de um abismo onde o fogo arde eternamente fritando almas defeituosas. 
Percebi que o tema "religião", "deuses", "leis mosáicas", "calvário" e etc eram discutidos abertamente sem qualquer censura, sem medo de pecar, por pessoas sérias, estudiosas e interessadas em desvendar e ventilar as diversidades de todas aquelas histórias contadas repetidamente de geração em geração. 

Sou uma curiosa, mas, pouco sei, na verdade estou aprendendo cada vez mais e com isso crescendo, evoluindo, presente dentro do mundo em que vivo, aqui e agora e acima de tudo sou uma pessoa muito importante para mim, assim como às pessoas que amo.

Sou apaixonada pelo Cosmos e gostei quando Carl Sagan disse que somos formados por poeira de estrelas. Sim, é claro que somos, que fazemos parte de toda dinâmica e formação do Universo. Acho fascinante pensar que nós, afinal de contas somos parte intrínseca do Universo. Talvez seja por isso que quando penso na minha morte não sinto o medo que muita gente sente. Pelo menos até agora, não sei como será na iminência dela... Mas gosto de pensar que não "acabarei". Serei "reintegrada" ao todo. Segundo Sagan, partes do nosso ser mostram de onde viemos. Ele dizia que “nós somos feitos de matéria estelar”. Me senti muito importante e integrada com a vida e a natureza de forma mais lógica. Com isso, ele resumiu o fato de que os átomos de carbono, nitrogênio e oxigênio em nossos corpos, assim como os átomos de todos os outros elementos pesados, foram criados em gerações anteriores de estrelas há mais de 4,5 bilhões de anos e que todos nós somos partículas da evolução deste universo, o que para mim desfaz a lenda de que a homem veio da manipulação de um pedaço de barro para depois ganhar vida num sopro divino ou seja: de um Design inteligente. Com isso me senti desobrigada a estar sempre em situação de subserviência por aquele velho conceito milenar de que devo minha vida a um ser superior que controla todos com uma varinha de condão, recebendo dádivas e castigos conforme seu juízo sem ter o direito de errar, acertar, a fim de perceber-me e sentir-me congratulada por meus atos vindos da minha própria essência.

Na verdade estou dentro de uma postura de vida que é a  do Humanismo secular o qual me oferece um caminho mais justo, digno e real, que satisfaz minhas indagações de forma coerente a nossas complexidades sem apelar para o sobrenatural como respostas ao desconhecido.


Sou livre de demônios e dragões

Carl Sagan e seus colegas cientistas, astrobiólogos, astrônomos: Richard Feynman, Neil deGrassi Tyson e Bill Nye.


A beleza de algo vivo não são os átomos dentro dele.
Mas a maneira que tais átomos são postos juntos.
O Cosmo também está em nós:
Somos feitos da mesma matéria que as estrelas.
Nós somos uma forma do Cosmo se autoconhecer.
No mar do espaço
As estrelas são outros sóis.
Já andamos por esse caminho antes
E há muito que aprender.






Share on Google Plus

About Elma.C

Livre pensadora ▃▃ uma aprendiz onde a existência é um eterno descobrir, artista plástica, amante da natureza, curiosa sobre a vida e seu sentido. Sou apaixonada pelas inovações da ciência, pelas maravilhas que o Cosmos nos revela e tenho esperanças no crescimento do homem enquanto ser afetivo e racional. ❤ Acredito que o melhor lugar do mundo está dentro do nosso próprio interior onde temos o poder de nos libertar ou aprisionar. ✔
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Ponderações:

Postar um comentário

♡ ♡ ♡Obrigada pela visita.